Vamos falar sobre Ookami Kodomo no Ame to Yuki!

Olá, povo de Freljord! Como vocês estão? Espero que bem. Pois é, o ano começou. Cá estamos em 2017, que espero que seja 365 vezes melhor que 2016. Enquanto muita gente viajou nessa primeira semana de Janeiro, eu fiquei como de costume: em casa. Eu assisti poucos episódios de anime esses dias, isso porque estou reassistindo as três temporadas de Sherlock, já que a quarta temporada começou dia 1º -  após uma longa espera de 3 anos - e eu resolvi ver tudo de novo para matar a saudade. Além disso, essa semana terminei de ler "O Sinal dos Quatro", que era para eu ter terminado no ano passado. Fora isso, não há muito o que contar. Provavelmente na próxima semana devo fazer uma postagem com uma meta de livros para ler durante o ano, pois ao deixar isso público, eu fico mais motivada para conseguir concluir todos da lista, haha. 

Sem mais delongas, vamos ao que interessa, não é mesmo? Hoje eu vim falar aqui sobre O MELHOR FILME QUE ASSISTI EM 2016. Era para essa postagem ter saído em Dezembro, mas como fiquei quase 3 semanas doente, não deu. Vamos lá?
Ookami Kodomo no Ame to Yuki é um filme de drama, slice of life e fantasia produzido pelo Studio Chizu em parceria com a Madhouse. A direção ficou nas mãos de Mamoru Hosoda - que também é o criador -, o mesmo que dirigiu Toki wo Kakeru Shoujo.

Hana é uma jovem universitária que se sustenta através de trabalhos de meio período. Um dia ela avista o jovem misterioso Ookami em uma aula na faculdade e, de alguma forma, ele chama a atenção dela. No final da aula ela resolve falar com ele ao perceber que o jovem não entregara um bilhete de presença, e com isso descobre que ele não é um aluno matriculado naquela universidade. Porém, mesmo assim, ela se oferece para ajudá-lo a encontrar livros didáticos que possa auxiliá-lo nas palestras que eles assistem. 
Conforme os dias se passam, Hana e Ookami vão ficando cada vez mais ligados um ao outro, a ponto de fazer com que o jovem Ookami sinta a necessidade de revelar sua verdadeira natureza à Hana. Em uma noite ele toma coragem e se transforma frente à ela: ele, na verdade, é um homem-lobo, o último de sua espécie. Apesar de chocada, Hana aceita Ookami como ele é, e tal revelação apenas os deixa mais próximos.
Não demora muito e o relacionamento de Hana e Ookami começa tomar forma, os dois passam a viverem juntos, e logo Hana dá à luz a sua primeira filha com Ookami, Yuki. Algum tempo depois é a vez de Ame, segundo filho, entrar para a família e tudo parece ir bem na vida do casal. No entanto, como nem tudo são flores, misteriosamente Ookami chega a falecer, deixando Hana desolada. Agora, ela terá que cuidar sozinha de suas duas crianças-lobo.
Os Personagens
Em Ookami Kodomo no Ame to Yuki não só mostrará de uma forma bela o amor incondicional de uma mãe por seus filhos, como também mostrará todos os desafios que Hana terá que enfrentar para criá-los sozinha. Por serem pequenos, Yuki e Ame não tem controle para se transformar em lobos - um espirro e já aparecem as orelhinhas rs -, por isso Hana prefere evitar que os humanos os vejam, de forma a protegê-los do que aconteceria caso descobrissem a verdadeira natureza das crianças. No início não será muito fácil para Hana, ela terá que tomar decisões importantes em prol do bem estar das crianças como, por exemplo, deixar o meio urbano para morar em uma zona rural, de modo que os pequenos possam ser mais livres.
Os irmãos Yuki e Ame são o oposto um do outro. Enquanto Yuki é mais ativa e extrovertida, Ame é mais tímido e quieto. No longa teremos também alguns momentos cômicos, eu diria. Isso por conta da crianças, que além de exalarem fofura, uma delas, a garotinha Yuki, é bem danadinha quando pequena. Durante o filme veremos Hana se esforçando para ser uma mãe melhor - chegando até a estudar sobre lobos para atender melhor as necessidades dos filhos - e evoluindo como personagem. É a partir da segunda metade do filme que as situações passarão a ficar mais dramáticas, isso porque as crianças estão crescendo e deixá-las fora do convívio social parece não ser mais uma boa opção. Além disso, conforme crescem, as crianças passarão a viver seus próprios dramas (aprender a lidar com sua parte lobo, etc.).
O character design é bonito, e a pessoa responsável por ele é o Yoshiyuki Sadamoto, o mesmo responsável pelo character design de Toki wo Kakeru Shoujo e Neon Genesis Evangelion. Outro ponto que gostaria de comentar é sobre a trilha sonora. É incrível. Ora com vocal; ora apenas instrumental.
Ookami Kodomo no Ame to Yuki é um filme sobre família e, apesar da fantasia contida no filme, é uma animação bem "pé no chão". A obra é linda, emociona, e vale MUITO a pena assistir.

Nota: 10/10
Trailer:
Até a próxima!
キス

11 comentários:

  1. Mas esse filme é um amorzinho ♥ Ele realmente é muito bom!! ♥♥♥

    Tia das Galáxias - visite

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um amorzinho mesmo, já quero ver de novo! ♥

      Beijos!

      Excluir
  2. Hellou Lady Smock, olha vou lhe confessar que faz muito tempo que não assisto anime então estou atrasada com todos eles e tudo mais, essa minha internet não tem ajudado nada, mas sabe que esse filme me interessou pra caramba? E sem falar do gráfico lindo, parece os filmes do Studio Ghibli <3 Com certeza vou assistir! Ah FELIZ ANO NOVO pra voce!!

    yeah-dreamhigh.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Celli! \o/

      Ultimamente não tenho assistido anime com tanta frequência, por isso venho optando por animações japonesas. E olha, estou encontrando cada filme bom... Estou adorando! Você mencionou os filmes do Studio Ghibli, lembrei que tenho que ver os que baixei. Esse estúdio só tem filme maravilhoso! ♥

      Beijos!

      Excluir
  3. Oi amor <3

    Adorei seu post, fiquei com mais vontade ainda de ver esse filme. Assim que eu assistir te digo o que achei.
    Te amo <3

    XOXO, Gossip John

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, coração! <3

      Obrigada, migo. Espero que assista e que goste tanto quanto eu!
      Love u <3

      Beijos!

      Excluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Oh, My lady... quanto tempo que não me manifesto aqui. Nesse tempo que eu fiquei sumindo, eu ainda entrei aqui algumas vezes para ver se tinha novas resenhas para ler, a ultima que eu li foi a de "Toki wo Kakeru Shoujo", aliás, ficou boa. Mas como eu leio a noite para ver se pego no sono, eu não tenho coragem para digitar deitado pelo celular, então só li mesmo.

    Feliz ano novo o/ (estou atrasado? Sim, estou atrasado... mas estou aqui 😂). Tudo de bom para você, e que nesse 2017, vc possa passar bons momentos ao lado de quem vc ama.

    É dois minha cara... eu fiquei em casa, mas minha família tava junto, então passamos quietinhos, saboreando algumas comidas maravilhosas que minha mãe e minha tia fizeram, e só. Foi ótimo.

    Eu também não assisto animes desde novembro do ano passado, voltei agora esses dias. Para dizer a verdade, eu estou viciado em dramas coreanos, japoneses, tailandeses e chineses o/ Assisti muitos coreanos e alguns japoneses e chineses, não sei se vi algum tailandês, mas devo ter assistido. É assim que tenho passado meu tempo kkk. Estava bom? Sim, mas estou dando um tempo, ou vou mofar em casa kkkk.

    Ah eu gostei muito desse filme também, ela é incrível, algumas coisas são muito tristes, mas ainda sim o filme é lindo. A animação é muito bonita. E simples? Sim, mas muito bonita.

    Já assisti duas vezes, e acho que essa contagem vai aumentar ainda.
    A postagem ficou ótima.
    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oh, Diego, quanto tempo, hein?! Haha. Senti sua falta durante esse tempo que ficastes sumido. Fico feliz em saber que me visita, mesmo que não se manifeste, huashu.

      E Feliz Ano Novo pra você também, mesmo que atrasado, está valendo. o/ Tudo de bom para ti e que 2017 seja repleto de momentos maravilhosos!

      Diego, o rei dos dorama, huashuas. "Estava bom? Sim, mas estou dando um tempo, ou vou mofar em casa" Exatamente, querer continuar as maratonas a gente até quer, mas reza a lenda que temos que ter uma vida social também, huehue.

      Também achei o filme incrível, e - mesmo que simples - a animação é muito bonita. Pretendo assisti-lo mais vezes! <3
      Obrigada! =3

      Beijos!

      Excluir
  6. Oláááá Lady-san <3
    Primeiramente: MENINE, QUE LAYOUT MARAVILHOSO! Ficou belíssimo, adorei as cores, o edit no topo, tá incrível ♥ ♥ ♥

    Eu também amo esse filme. Ele sempre me faz chorar, é simplesmente lindo, emocionante - aliás, eu choro em VÁRIAS cenas dele, HAHAHAHA! Assisti com um amiga e foi difícil nos conter mesmo acompanhadas. É delicado e tocante, sem perder a leveza - fora os momentos cômicos, tipo a Yuki DESTRUINDO a casa ou quando ela come os produtos de limpeza e a Hana liga ao pediatra E ao veterinário, HAHAHAHA!
    Acho o encerramento do filme muito interessante, quebrando todas as expectativas. Uma ótima dica <3

    Obrigada pelo seu comment - confesso que é o vício que me fez ter prática pra poder fazer layout tão rápido, HAHAHAHA! E tenho um código base e vou editando ele, daí é bem mais fácil :> Fico feliz que gostou!

    Beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olááá, Shana! <3
      MUITO OBRIGADAAAA! Fico feliz que gostou! =3

      Siiim, esse filme é lindo e emociona quem assisti. Em certas cenas eu fiquei com o coração apertado por serem muito tristes. Já em outras fiquei rindo, principalmente das cenas da Yuki, huashuash. Pense em uma menina danadinha, haha.
      Sim, eu gostei bastante do encerramento.

      Mulher, acho que nem com a prática eu conseguiria fazer um layout tão rápido, HAHAHA. O seu ficou ótimo! =3

      Beijos!

      Excluir