As aventuras de Lady Smoak + Girls in the House

Olá, belezuras? Como estão? Espero que maravilhosamente bem. Essa semana tive meus momentos nostálgicos, pois estava lembrando dos jogos de videogame que eu jogava quando criança, inclusive encontrei alguns para jogar online. ♥

Então, o post de hoje na verdade é o post do domingo passado, 31 de Julho. Porém, devido a postagem da resenha do livro "Os Bons Segredos", juntamente com o anúncio do sorteio, o que eu postaria no domingo passado, postarei hoje. Eu iria comentar somente sobre essa aventurinha que vocês lerão a seguir, MAAAAS como eu assisti uma série bem legal recentemente - inclusive, é a série que mencionei no post anterior - eu vou falar um pouquinho dela também. Desculpem-me se ficar grandinho, mas é que no próximo domingo estarei falando de um anime que assisti há pouco tempo, Death Parade, e a postagem já vai ser extensa. Então, preciso falar de Girls in the House NOW. Vamos começar com a "aventura" da Smoak.

Sexta-feira passada, dia 05 de Agosto, ocorreram os shows do Humberto Gessinger e do Nando Reis (sim, dois shows em um mesmo evento) em Brasília. Obviamente, eu fui. A propósito, FOI ÓTIMO/MARAVILHOSO. Hoje venho contar pra vocês a "aventura" que foi para ir comprar o ingresso - no dia 20 de Julho.

"Se alguma coisa pode dar errado, dará. [...]" - Murphy

Em uma bela manhã de uma quarta-feira, meus dois best friends e eu resolvemos ir comprar o ingresso. Como friend #1 e eu saímos de casa mais cedo (até porque havia algo à resolver antes de comprar os ingressos), o friend #2 iria ao nosso encontro mais tarde. Ficamos de nos encontrar no shopping Conjunto Nacional, onde a loja “Setemares” era um dos pontos de venda dos ingressos. Depois de comprar, iríamos os três para o Instituto Federal de Brasilia (IFB). Eu, linda maravilhosa, com medo de andar com o dinheiro dos ingressos no ônibus ~esses assaltos aí~, resolvi comprá-los através do cartão de crédito. Friend #1 e eu chegamos primeiro ao Conjunto Nacional, então fomos logo na loja comprar nossos ingressos. Friend #2 estava no ônibus, a caminho.

"É só no dinheiro!"
Quando chegamos (friend #1 e eu) na “Setemares”, eu recebo a feliz notícia de que os ingressos só seriam vendidos através do dinheiro. Nesse momento, a única coisa que eu pensei foi: O QUE QUE EU VOU FAZER AGORA? Até porque voltar em casa apenas para pegar dinheiro não era uma opção. Logo, veio a ideia: Vou pedir para meu pai retirar da minha conta (nem com cartão de banco eu ando, para vocês verem) e depositar o valor na conta do friend #2 (o que ainda estava no ônibus), já que ele sempre anda com o cartão da Caixa. Liguei para o friend #2, ele disse que estava tudo bem, que eu poderia depositar na conta dele e então tudo se resolveria. PORÉM, TODAVIA, SEM EMBARGO, NO ENTANTO, quando friend #2 chega no Conjunto Nacional, ele percebe que NÃO ESTAVA COM O CARTÃO DELE, na verdade ele havia feito uma confusão. Mas, como uma verdadeira discípula de Murphy, eu não me surpreendi.


Apesar das adversidades, ainda havia uma luz no fim do túnel. Em outro shopping (Pátio Brasil), também vendia ingressos na Bilheteria Digital e lá com certeza passava cartão. Como o Friend #2 iria no IFB para montar a grade de matérias do curso dele, nós resolvemos pegar o ônibus para ir logo no IFB e depois, na volta, pegaríamos um ônibus que passasse próximo ao Pátio Brasil. Fomos no IFB. Lanchamos no IFB. Friend #2 montou a grade dele (e nem percebeu que colocou duas matérias de cálculo para o mesmo semestre). Na hora de irmos embora, acabamos fazendo uma confusão sobre qual lado da avenida passaria o ônibus para a W3 (avenida onde se encontra o Pátio Brasil), pois elas tinham sentidos opostos. Ficamos esperando em uma parada, até que:

Friend #2: - Gente, estamos do lado errado. O ônibus passa do outro lado.

Ok. Atravessamos a pista para esperar o ônibus do outro lado. E esperamos. Esperamos. Esperamos e o ônibus nunca vinha. Então, adivinhem o que aconteceu? O ÔNIBUS PASSOU NA OUTRA PARADA, AQUELA EM QUE ESTÁVAMOS INICIALMENTE. Como verdadeiros discípulos de Murphy, isso não nos surpreendeu. Perdemos o ônibus.

Finjam que esse coração é o ônibus.
Então atravessamos a pista novamente e fomos para o ponto do outro lado. E esperamos. Esperamos. Esperamos e o ônibus que passa na W3 não chegava nunca. Só vinha ônibus que ia para a rodoviária e para o aeroporto – tínhamos em mente que os ônibus para o Aeroporto não passavam perto do shopping. ~lembrem desce ônibus para o Aeroporto~

Já cansados daquela espera interminável, pensamos o seguinte: Vamos pegar o ônibus que vai para a Asa Sul (bairro), não para em frente ao Pátio Brasil, mas é mais perto ir caminhando de lá do que ir da rodoviária para o Pátio (no caso de pegar um ônibus para a rodoviária, já que W3 não passava. Ambos os casos, dá para ir andando, só não é tão perto). Ok, veio um ônibus da Asa Sul e pegamos feliz da vida, porque a espera chegou ao fim depois de 84 anos. PORÉM, TODAVIA, SEM EMBARGO, NO ENTANTO, o ônibus que pegamos não iria passar na Asa Sul, ele estava indo para o terminal, logo não transitaria por dentro da Asa Sul. Como verdadeiros discípulos de Murphy, JÁ ESTÁVAMOS ACEITANDO TUDO O QUE ESTAVA ACONTECENDO. Ok. Pegamos o ônibus errado. Depois de chegarmos na melhor parada para descer (vulgo, que teríamos que caminhar menos para o destino final), descemos do ônibus e resolvemos iniciar uma longa jornada caminhando para o Pátio Brasil (caminhar faz bem para saúde e engrossa as pernas).

Nós, serumaninhos morrendo de sede, resolvemos parar em uma farmácia para comprar água. O friend #2 comprou três garrafas, uma para cada. PORÉM, TODAVIA, SEM EMBARGO, NO ENTANTO, ERA ÁGUA COM GÁS. E só percebi depois de abrir para beber aquela coisa horrível, então nem dava para trocar. Tentei beber aquilo, mas não deu. Fiquei pensando no money desperdiçado. Então, meu amigo comprou aquelas garrafas grandes de água mineral e aproveitamos a garrafinha da água com gás para encher (o dinheiro não foi totalmente jogado no lixo). Ok, fomos caminhando naquele sol que estava evaporando todo o líquido retido em meu ser, até que chegamos no nosso destino. E quando estamos de frente para o Pátio Brasil, adivinhem... Lembram do ônibus sentido Aeroporto que mencionei anteriormente? Então, ele passa NA FRENTE DO PÁTIO BRASIL. Sabe o que foi isso? MURPHY ESFREGANDO NA NOSSA CARA O QUANTO SOMOS TROUXAS.

Enfim, chegamos no shopping e fomos comprar os ingressos. Na espera pelo elevador, um moço muito bonito atrás de mim, me cutucou no ombro e, quando virei para trás, elogiou meu cabelo. PRECISO DIZER QUE CRUSHEI NA HORA? NÃO PRECISO. Fiquei pensando no moço o caminho inteiro até a Bilheteria Digital. Sonhando com nós dois juntos comprando uma casa, um carro, criando 2 cachorros, 1 gato e 3 calopsitas. ~Tá, sem exagero~

Compramos os ingressos, tudo deu certo e, como seres que nem caminharam nada durante aquele dia, resolvemos ir então para o Centro de Convenções mais uma vez (tínhamos ido no domingo anterior) para ver a apresentação do amigo do Friend #1 na Feira do Livro, que estava recitando poemas junto com outros alunos da Universidade de Brasília.

Anoiteceu. Depois da apresentação, fomos embora. Cansados de andar, mas com os ingressos em mãos. 


Então, o resumo do dia foi isso: Dar azar ao ir comprar o ingresso. Perder ônibus. Pegar ônibus errado. Ser trouxa por não ter pego certo ônibus. Descobrir que água com gás é horrível. Sonhar com o crush do elevador e andar 10 km em um dia. No entanto, foi um dia divertido. 

♦ ♦ 

Girls in the House


AGORA VAMOS FALAR DE SÉRIE, NÉ AMORES?! Então, há alguns dias - ou semanas? Perco a noção de tempo - houve uma treta aí no mundo dos famosos - que eu só fiquei sabendo porquê todo mundo estava comentando - entre Kim Kardashian e a Taylor Swift ~até hoje não entendi direito a treta, mas ninguém precisa saber~. Nisso, todo mundo ficou comentando em todas as redes sociais sobre o caso. Ok. Até aí tudo bem. Um dia, um amigo me manda esse vídeo aqui, que era justamente sobre essa treta entre Kardashian e Swift. Quando eu assisti me surpreendi com a produção do vídeo pelo simples fato de TUDO TER SIDO FEITO NO THE SIMS 4. Posteriormente, descubro que o mesmo autor do vídeo da treta dos famosos, criou uma websérie chamada "Girls in the House", que até o presente momento conta com duas temporadas. Um belo dia resolvi dar uma oportunidade para a série. Vi o primeiro episódio, gostei. Vi o segundo, adorei. Vi o terceiro, ADEUS VIDA SOCIAL, VAMOS MARATONAR ISSO DAQUI. ~falando como se tivesse vida social~


Girls in the House é uma websérie criada pelo Raony Phillips e disponibilizada no Youtube. Contém 8 episódios de aproximadamente 15 minutos na 1ª temporada, e 9 episódios na 2ª temporada - com a mesma média de tempo, exceto pelo último que beira aos 30 minutos. A série começa nos apresentando três mulheres que tomam conta de uma pensão, esta chamada de Pensão da Tia Ruiva. 

Nossas personagens principais são:


Eu procurei citar só as três acima, porque elas são as estrelas de GITH. No entanto, no elenco principal nós ainda teremos o Todd e a Julie que irão aparecer no decorrer dos episódios. O elenco da série, contando com todos os personagens secundários, é bem extenso. A trama em si é de comédia, porém conta com aquela pitada de mistério, um drama muito bom e romance na medida certa. Eu ri MUUUITO com Girls in the House, mas já vou logo dizendo que também irá rolar muitas tretinhas, reviravoltas e revelações na série. Eu me surpreendi com o trabalho do Raony, porque foi tudo muito bem feito, desde enredo à produção. Ao assistir, você até esquece que aquilo tudo foi feito em um jogo. E o mais incrível é que ele fez TUDO sozinho, inclusive a dublagem de todos os personagens (com pequenas exceções). Eu fico me perguntando como ele conseguiu fazer vozes diferentes para tantos personagens.

Por enquanto a série só tem 2 temporadas, porém haverá mais. Dia 28 de Agosto estará chegando a 3ª temporada dessa série divosa. ~UHULL~ Eu não sei quantas serão ao total, porém meu desejo é que Girls in the House seja tipo One Piece eterno. ~só deixando claro que ainda não assisti OP~

SHIPPEI FEROZMENTE ALEX COM TODD. Fiquei torcendo para eles se pegarem. u-u

Acho que o Raony usa muitas pessoas reais como referência para criar os sims, hahaha. Tem personagem que parece a Gretchen, a Kim Kardashian, a personagem Jessica Jones (interpretada pela atriz Krysten Ritter), Lana Del Rey, Justin Bieber e por aí vai. 


Julie representando todos que sofrem com as shippações. ~eu~
Até a próxima! 
キス

5 comentários:

  1. Ooi, Lady Smoak! \o/

    Nossa, eu adoro Nando Reis, o show deve ter sido maravilhoso mesmo! <3 Agora, sobre a aventura (loucura), eu odeio essas lojas que só aceitam dinheiro. Tipo, sério, quem tem coragem de andar com dinheiro hoje em dia? E quando vocês acharam que tinham uma solução, não deu certo! xD

    E essa dos ônibus! Meu deus, vocês estavam MUITO zicados nesse dia, que é isso! HASUAHSUASH (eu sei que na hora dá muita raiva, mas é engraçado depois, vai)
    E NÃO ACREDITEI QUANDO O ÔNIBUS DO AEROPORTO PASSOU NA FRENTE DO PÁTIO BRASIL! HASUHASUAUH
    Já passei por situações assim, entendo como vocês se sentiram! xD

    E wow, que espontâneo esse moço que elogiou seu cabelo, esses crushes que cruzam nossos caminhos e logo vão embora ;-;

    Bom, pelo menos essa outra loja deu certo! E no fim vira uma dessas histórias que a gente tem pra contar.

    E MEU. DEUS. DO. CÉU. O que é essa série Girls in the House, minha gente???? EU AMEI ISSO! Só por ter sido tudo feito no The Sims 4 eu já amei, e a história também parece muito boa e engraçada! Cara, eu me surpreendo com a criatividade e capacidade dessa galera! E ele ainda dubla tudo, como assim minha gente? HAUhasuhasuhUHASUAH

    Enfim, adorei e vou assistir tudo isso aí!

    Bye o/

    (eu acho que enviei o comentário com outro login, caso tenha ido por favor deleta e deixa só esse, ok? ;-;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, foi só um comentário mesmo, então tudo certo -q

      Excluir
    2. Olá, Helo! \o/

      O show, tanto o do Humberto quanto o do Nando, foram ótimos! ♥.♥
      Se tem uma coisa que eu não gosto, essa coisa é andar com dinheiro. Sério, sempre penso em um possível assalto e já fico com medo.

      HUASHUASHASHU, aquele não foi um dia bom para pegar ônibus. Mas no final de tudo, rendeu umas boas rizadas, hahaha. ~pelo menos isso, né?~ Cara, quando vi o ônibus do aeroporto parando na frente do Pátio Brasil, só fiquei pensando em o quanto fui trouxa de não ter pego um daqueles 365 ônibus que passaram e eu falei: "mas não passa no Pátio" T_T

      Sim, cruzam o nosso caminho e vão embora sem nem dar au revoir =s

      MULHER, ASSISTA! GITH É MUITO BOM. Eu também me surpreendo com a criatividade e capacidade dessas pessoas. Eu só fico pensando que eu não conseguiria fazer nem metade (aliás, nada) do que eles fazem, hasuhasuahs.

      Beijos!

      Excluir
  2. TEVE KILLUA NA POSTAGEM. OLHA QUE COISA MARAVILHOSA, SIMPLESMENTE GENIAL.

    Tô bolada comigo porque faz tempo que não broto aqui nesse blog maravilhoso. "PORÉM, TODAVIA, SEM EMBARGO, NO ENTANTO", eu estou aqui huehe~
    "Finjam que esse coração é o ônibus." essa história é simplesmente genial huehue, você podia fazer mais "Aventuras de Smoak", SÉRIO EU TO RINDO MUITO hueheuhue.

    "Vi o primeiro episódio, gostei. Vi o segundo, adorei. Vi o terceiro, ADEUS VIDA SOCIAL, VAMOS MARATONAR ISSO DAQUI. ~falando como se tivesse vida social~" ISSO AQUI FOI TOTALMENTE EU NA VIDA. SÉRIO, I D E N T I C O.

    Eu jogo The Sims 4 né, e vi um monte de gente no Twitter falando dessa série aí, foi tão engraçado o povo esperando pelo último episódio da segunda temporada huehue. Os memes dessa série são ótimos cara :v

    godibai

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Alone! \o/

      AGORA SEMPRE QUE VEJO UMA IMAGEM DO KILLUA, EU SÓ LEMBRO DE VOCÊ, HUASHUASHUAS.

      POIS É, GAROTA, VOCÊ DESAPARECEU. Estava sentindo sua falta já. T_T Mas que bom que voltou, haha. ♥

      Hahahaha, pode deixar que vou trazer mais. Sempre acontece várias pérolas comigo quando resolvo sair de casa, haushasu.

      A gente fingi que tem vida social pra sair bem na fita, né?! huashuashu Eu viciei em GITH. E me surpreendi, porque não esperava tanto de uma série feita em um jogo. Mas o diferencial, que deixa tudo melhor em GITH, é fato de ser feita em TS4. Também vi vários memes da série e ri bastante, haha.

      Beijos!

      Excluir